Exercício

"A minh'alma tem sede de Deus, do Deus vivo!" (Sl 41, 3)

Ir. Maria Fátima Maldaner, SND

1. Acalmo-me! Tentando escutar os sons que me chegam. Fecho os ouvidos com os polegares e os olhos com as mãos. Respiro profundamente. Várias vezes. Escuto o som de minha respiração. Escuto todos os sons: os mais próximos... os mais distantes... os mais fortes... os mais suaves... acolhendo-os, recolhendo-os... Estou concentrando-me aos poucos, estou presente a mim e assim deixo-me olhar por Deus.

2. Rezo! O que peço?
* Jesus, dá-me a graça de dar-me conta dos desejos que povoam o meu íntimo e de expressar-me sobre eles contigo, na oração que, agora, inicio.
* Em profunda atitude de atenção, escuto a minha própria voz e abro o meu coração para perceber os meus sentimentos e desejos.
Que desejos trago dentro de mim, em relação a mim mesmo(a), aos outros, a Deus?
* Como expressar, agora, no segredo do meu coração, o desejo de encontro e realização com a Fonte da Vida, donde jorra toda a plenificação pessoal?
*Desejos têm a ver com o querer do coração: vou pedindo a graça de desejar ver o que Deus deseja a meu respeito: Abre, Senhor os meus olhos... os meus ouvidos... a minha boca... o meu coração... todo o meu ser... É para ti, Senhor, que dirijo todos os meus desejos. És a fonte de Água Viva. Em meu coração, vou cantando e repetindo esta canção. Eu te peço desta Água!

Água Viva - Pe. Zezinho

Eu te peço desta água que tu tens / És Água Viva, meu
Senhor! / Tenho sede e tenho fome de amor, / e acredito
nesta fonte de onde vens.

Vens de Deus, estás em Deus, também és Deus
Vens de Deus, estás em Deus, também / és Deus . E Deus
contigo faz um só. / Eu porém, que vim da terra e volta ao
pó, / quero viver eternamente ao lado teu.

És Água Viva, és Vida Nova, e todo o dia me batizas outra
vez. Me fazes renascer, me fazes reviver, e quero água
desta fonte de onde vens!